Cultura

Hoje é comemorado o Dia da Consciência Negra em todo o país

Hoje a população negra do país está comemorando o Dia da Consciência Negra. Em Mato Grosso a data foi decretada como feriado estadual e muitas comemorações são feitas em homenagem aqueles que lutaram pelo fim da escravidão no país.

A data surgiu com o assassinato de Zumbi dos Palmares. Ele era líder do Quilombo dos Palmares, o maior símbolo da resistência à escravidão no país. O Quilombo, fundado em 1604 por um grupo de 40 escravos foragidos de fazendas, teve seu fim em 20 de novembro de 1665, com a morte de seu líder. A data foi adotada em 1972, pelo Movimento Negro Brasileiro, como o Dia da Consciência Negra.

Simpósios, palestras, congressos e encontros marcam a data em todo o país, buscando a união de diferentes grupos sociais. E em 2003 o governo também criou a lei 10.639, incluindo o dia 20 de novembro no calendário escolar, e tornando obrigatório o ensino sobre a história e cultura Afro-Brasileira nas salas de aula. A nova lei tem como objetivo resgatar a contribuição do povo negro na área social, econômica e política na história do país.

Só Notícias apurou com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de Sinop, que no Nortão existe um número considerável de negros. A população negra de 17 municípios corresponde a cerca de 3,82% do total de habitantes da região, ou seja, 14.461 moradores do Norte de Mato Grosso são negros, sendo que a mesma região tem 378.147 habitantes.