Educação

Governo de MT critica boataria e garante que não haverá privatização de escolas nem cobrança de mensalidades

O governo de Mato Grosso divulgou nota, no final da manhã, reafirmando que não passam de boatos e que não existe projeto para privatização na educação, reafirmando "seu compromisso de diálogo com a comunidade escolar para possível implantação de Parcerias Públicos-Privadas (PPPs), que vai possibilitar a abertura de 40 mil novas vagas na rede de ensino público. O Governo do Estado esclarece que as mentiras divulgadas aos alunos têm interesses políticos e que os propagadores dessas mentiras sabem que o projeto visa a melhoria do ambiente de ensino. Não vai haver privatização e nem cobrança de mensalidade dos alunos nas escolas públicas".

"O governo de Mato Grosso informa ainda que está e sempre esteve aberto ao diálogo. Prova disso é a determinação do governador Pedro Taques para que sejam realizadas audiências públicas para esclarecer a população e a comunidade escolar sobre as PPPs. Além disso, professores e estudantes serão convidados a escolher, por meio de eleição nas escolas, se querem ou não a inclusão de suas escolas no projeto", conclui.