Educação

Mais de 29 mil estudantes já foram matriculados na rede estadual

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) já recebeu mais de 29 mil matrículas de novos estudantes e transferências para o ano letivo de 2017, em 381 escolas da rede estadual. O processo de matrículas pela internet vai até a próxima sexta-feira (24).

Conforme a Gerência de Gestão Escolar da Seduc, neste ano estão sendo disponibilizadas mais de 70 mil novas vagas. Ontem, primeiro dia de matrículas, 28.516 solicitações foram cadastradas. Esta manhã, a Seduc já havia registrado mais 1.759 matrículas.

Conforme o gerente de Suporte à Gestão Escolar, Hesloan Maia, em algumas das escolas mais procuradas, como o Liceu Cuiabano, em Cuiabá, o número de vagas foi preenchido em menos de 15 minutos. Contudo, outras escolas tradicionais, como o Caso da EE André Avelino, na região do CPA, em Cuiabá, ainda possuem vagas abertas.

“A nossa recomendação é que os pais procurem sempre escolas mais próximas de seus domicílios e, caso não encontrem vagas disponíveis, vão aumentando o raio de procura”.

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Marco Marrafon, o Governo oferece um número maior de vagas que a demanda estimada de alunos para que nenhum estudante fique sem vaga. “Essa hipótese não existe, em Mato Grosso nenhum aluno fica sem vaga para estudar”, disse o secretário.

Para solicitar uma vaga, pais ou responsáveis devem realizar primeiramente um cadastro simples. É necessário acessar o endereço eletrônico matricula.seduc.mt.gov.br, criar usuário (e-mail) e login, preencher dados pessoais (CPF e RG) e telefone para contato.

Caso o interessado já tenha realizado alguma solicitação anterior, o usuário continua o mesmo e, na situação de a senha ser esquecida, existe a opção de recuperação. Realizado o cadastro, o segundo passo será efetuar a solicitação de matrícula no sistema.

Segundo Hesloan, se os pais ou responsáveis não tiverem acesso a pontos de internet, podem se deslocar até as unidades escolares para solicitar auxílio. Contudo, todas as matrículas são realizadas online.

Após solicitar a vaga, os responsáveis necessitam ir até a unidade escolar selecionada para efetivar o registro com entrega dos documentos do estudante.

As matrículas são destinadas apenas às 381 escolas que aderiram à paralisação de 2016 e encerraram o ano letivo no dia 31 de janeiro de 2017.

As unidades do Sistema EJA Brasil (Seja), escolas do campo e indígenas, e escolas especiais de Cuiabá e Várzea Grande não estão inseridas neste processo. Nestes casos, a inscrição é feita na própria unidade.