Educação

Nortão: professores suspendem greve e cerca de 4 mil alunos devem voltar às aulas amanhã

Os profissionais da Educação municipal de Peixoto de Azevedo decidiram, hoje, em assembleia, suspender a greve que começou ontem e deixou aproximadamente de 4 mil alunos sem aulas. Participaram da votação cerca de 86 funcionários e a maioria decidiu voltar ao trabalho. As aulas devem ser retomadas amanhã.

“Aceitamos parcialmente a proposta feita pela prefeitura que se comprometeu em pagar, já na folha de julho, reajuste de 3,92% e mais mais 3,72% de auxílio alimentação para todos os profissionais. Porém, ainda estamos em estado de greve porque em setembro vamos voltar a discutir a situação dos professores interinos que só recebem 4 horas-atividades enquanto deveriam receber 10. Também queremos tratar do enquadramento dos professores não profissionalizados e chegar nos 12,11% de reposição salarial”, informou o presidente do Sintep, Marcos Monteiro de Farias.

A assessoria pedagógica disse que em setembro o município deve fazer um novo estudo para verificar a situação dos pagamentos das horas-atividades e o enquadramento dos professores.

Uma outra cobrança feita pelo sindicato que representa os profissionais da educação foi em relação a reparos na parte elétrica de algumas escolas os condicionadores de ar funcionarem. Segundo o presidente, esse pedido também foi aceito pelo município, que deve fazer nos próximos dias os reparos.