Educação

Parciais apontam segundo turno em eleições para reitor da UFMT

Os resultados parciais, divulgados esta manhã, apontam que vai haver segundo turno nas eleições para reitor da Universidade Federal de Mato Grosso. Até o momento, a chapa UFMT diálogo e ação, que tem a professora Myrian Thereza de Moura Serra como candidata a reitora e Evandro Aparecido Soares da Silva, a vice, conquistou a maioria dos votos válidos, com 34,5%. Paulo Teixeira Sousa Júnior, que encabeça a Chapa UFMT + 50, com  Sérgio Allemand, a vice, tem 25,9% dos votos.

Em seguida, com 25,8% dos votos, está a chapa Nova UFMT, que tem João Carlos de Souza Maia na disputa a reitoria e Maria de Souza Rodrigues como candidata a vice. O professor Sérgio Roberto de Paula e a candidata a vice Marta Cristina Nogueira, que concorrem pela chapa Universidade Proativa, têm, até o momento, 11,7% dos votos.

O resultado oficial deverá ser anunciado a partir das 14h de hoje, quando será encerrada a contagem de votos no interior. Mais de 24 mil acadêmicos, professores e técnicos votaram nos campi de Cuiabá, Sinop, Barra do Garças e Rondonópolis. Todos os candidatos lecionam no campus da capital.