Esportes

Clemente Rodríguez é apresentado sem temer indefinição do São Paulo

Em meio à crise e ao clima de indefinição pela falta de técnico, o São Paulo apresentou na tarde desta segunda-feira seu novo reforço: Clemente Rodríguez. O ex-jogador do Boca Juniors acertou com o Tricolor quando o treinador ainda era Ney Franco, mas não teme as incertezas que cercam o futuro do clube.

"Tenho de estar tranquilo e concentrado, treinando no dia a dia. Quando o treinador chegar, vamos conhecê-lo. Até lá, vamos seguir trabalhando e somando pontos no campeonato, que será importante para todos", afirmou.

Assim que chegou ao São Paulo, há poucos dias, Clemente Rodríguez foi elogiado pelo então técnico do time, Ney Franco, mas explica que não teve um contato mais próximo com o treinador, demitido na sexta-feira depois da derrota para o Corinthians.

"Não conversei, mas estou pronto para ajudar meus novos companheiros. Depois, veremos", comentou, sem se envolver na busca do São Paulo por um comandante: a principal opção é Paulo Autuori, com Muricy Ramalho como segundo.
Aos 31 anos, Clemente Rodríguez viveu sua melhor fase com a camisa do Boca, com três passagens pela equipe de Buenos Aires, mas atuou também por Spartak Moscou (da Rússia), Espanyol (Espanha) e Estudiantes (Argentina).

A partir de agora, o lateral esquerdo está liberado para defender o São Paulo, até por ter resolvido uma pendência jurídica com seu ex-empresário. "Não terá nenhum problema e isso está acertado. Penso só em jogar pelo clube", ponderou.

Inscrito na CBF, Clemente Rodríguez fica à disposição já para a partida contra o Bahia, nesta quarta-feira, mas o mais provável é que seja aproveitado apenas no fim de semana, contra o Vitória, em Salvador.