Esportes

Com tranquilidade, Inter goleia o Náutico em Caxias do Sul

O Internacional fez as pazes com as boas atuações neste domingo. Com gols de D"Alessandro, Otávio, Willians e Kleber, o Colorado bateu o lanterna Náutico com facilidade no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, por 4 a 1. O gol do Timbu foi marcado por Tiago Real.

A etapa inicial foi bastante aberta, com chances para os dois lados e três golaços, dois para o Inter e um para o Náutico. Na etapa final, após a expulsão do lateral Maranhão, o time pernambucano passou a ser dominado e foi goleado ao natural pela equipe gaúcha.

O Inter, que visita o Santos, quarta, na Vila Belmiro, subiu para o 7º lugar, com 40 pontos. Já o Náutico, que segue na lanterna, com 17, jogará no mesmo dia contra o São Paulo, no Morumbi.

O jogo – A primeira etapa foi bastante movimentada, com chances de gols para os dois lados. Fracos defensivamente, Inter e Náutico proporcionaram espaços um ao outro, deixando o jogo aberto. Aos cinco minutos, Otávio fez boa jogada: recebeu passe na entrada da área, escapou da marcação no giro e chutou para defesa de Ricardo Berna.

Pressionado nos minutos iniciais, o Náutico aos poucos foi se soltando, especialmente através de jogadas de Bruno Collaço e Martinez. Aos 12, a primeira grande chance pernambucana: Maikon Leite bateu falta lateral para a área, Jackson tentou cortar e quase fez contra, acertando o travessão de Muriel de cabeça. A bola sobrou limpa para João Filipe na área, mas o zagueiro do Náutico chutou alto, por cima, perdendo grande chance.

Aos 14, resposta colorada: D"Alessandro cruzou para a área, Ricardo Berna se atrapalhou ao sair do gol e a bola sobrou para Scocco, que chutou mascado. A bola bateu em Berna e Maranhão, de peixinho, salvou quase em cima da linha. Dois minutos depois, o gol colorado: D"Alessandro recebeu livre pela direita, ajeitou para cruzar, mas preferiu chutar direto. A bola foi no ângulo de Ricardo Berna: golaço, 1 a 0 Inter.

Quando o jogo parecia sob controle para o Colorado, o Náutico empatou: Tiago Real recebeu de Martinez, ganhou dividida, driblou Kleber e mandou uma bomba no ângulo de Muriel: 1 a 1. No minuto seguinte, o Náutico quase virou: Maikon Leite recebeu belo lançamento, pegando a zaga do Inter de calça curta. O atacante pernambucano dominou e chutou, mas Muriel salvou.

O Inter só foi chegar de novo aos 36, com Leandro Damião, que subiu mais que a zaga após escanteio e tocou por cima. Aos 39, Otávio escorou para a chegada de Gabriel, que chutou rasteiro. João Filipe tirou em cima da linha. Aos 45, não houve jeito para o Timbu: Otávio recebeu de D"Alessandro com liberdade e arriscou da entrada da área, acertando o ângulo de Berna e botando o Inter de novo na frente.

Com Fabrício no lugar de Scocco, o Inter voltou no 4-5-1 para o segundo tempo. E logo em sua primeira jogada, aos cinco minutos, Fabrício recebeu de Otávio e soltou a pancada para ótima defesa de Ricardo Berna. Aos 11, o Náutico chegou em boa subida de Maranhão, que arrematou para espalmada de Muriel. O lateral pernambucano, porém, comprometeria sua equipe dois minutos depois ao ser expulso após empurrar Aírton.

Com um homem a menos, o Náutico se desarticulou em campo. Ricardo Berna defendeu um chute de Otávio, aos 16, uma cabeçada de Leandro Damião, aos 19 e uma pancada de Fabrício, aos 21. Aos 24, ele não conseguiu impedir um gol de Willians, que roubou de Morales na entrada da área e chutou no cantinho. Aos 30, Derley impediu o quarto tirando de carrinho uma bola que se apresentava para Leandro Damião.

O jogo ficou fácil para o Inter. Aos 36, D"Alessandro tabelou com Gabriel e passou para Damião, que furou em bola. Kleber, porém, chegou e marcou com a perna direita, que não é a sua preferencial, o quarto gol colorado, fechando a conta na Serra Gaúcha e deixando feliz a torcida colorada, que gritou "olé" nos minutos finais.