Esportes

Grêmio anuncia demissão de Vanderlei Luxemburgo

Vanderlei Luxemburgo não é mais o técnico do Grêmio. O treinador foi demitido do comando técnico do Tricolor neste sábado. Segundo o diretor executivo de futebol Rui Costa, a direção chegou à conclusão de que algo precisava ser mudado, e após uma intensa avaliação durante a parada para a Copa das Confederações, os dirigentes chegaram à conclusão de que demitir Luxa era a saída.

"As coisas podem mudar até em 48 horas. Tivemos maturidade para não tomar decisões de cabeça quente, após a eliminação na Libertadores e no Gauchão. Mas avaliamos tudo e era preciso mudar algo, e aí chegamos a esta decisão. Entendemos que com uma nova comissão técnica na retomada dos trabalhos podemos criar um novo contexto", informou Costa, durante o jogo-treino entre Grêmio e Caxias, na manhã deste sábado, no Olímpico.

Causou estranheza aos repórteres que acompanhavam o amistoso a ausência de Luxa dos trabalhos deste sábado. Luxemburgo deixa o Grêmio sem nenhum título. Em 16 meses no clube, venceu 51 jogos, empatou 21 e perdeu 18, em 90 partidas. A pressão após as eliminações no Gauchão e na Libertadores pesaram muito contra o treinador.

O auxiliar Roger comandará o time enquanto a direção procura um novo técnico. Rui Costa explicou que o clube busca um treinador que "seja integrado com a direção e com o projeto de jogar com a cara do Grêmio". O nome de Renato Gaúcho surge como uma possibilidade, embora a direção ainda não fale em nomes para substituir Luxemburgo.