Esportes

Massa bate no Q2 e larga apenas em 16º no Grande Prêmio do Canadá

O brasileiro Felipe Massa sofreu um acidente durante a segunda parte do treino classificatório para o Grande Prêmio do Canadá de Fórmula 1, neste sábado, e largará da parte de trás do grid. O piloto da Ferrari tentava melhorar seu tempo para avançar ao Q3, quando perdeu o controle de seu carro após freada na pista molhada, deslizou e acertou lateralmente a barreira de proteção.

É a terceira batida consecutiva do paulista, já que ele se acidentou no último treino livre para o GP de Mônaco, não participou da tomada de tempos, e voltou a bater na corrida monegasca.

Com o acidente, Massa teve 1min30s354 como melhor marca no Q2 deste sábado, e ficou apenas com a 16ª colocação do grid. Atrás dele, largarão só os seis pilotos sacados na primeira parte do treino. O Q2 também causou a eliminação de Jenson Button, da McLaren, que fez 1min30s068 e larga em 14º.

Assim como no Q1, os principais pilotos da Fórmula 1 deixaram os boxes já nos primeiros segundos da segunda parte do treino classificatório em Montreal para tentar aproveitar as melhores condições da pista. Mesmo assim, diversos competidores de ponta como Felipe Massa, Lewis Hamilton e Fernando Alonso deram escapadas.

O brasileiro da Ferrari voltou a perder o controle de seu carro a dois minutos do fim do Q2, mas desta vez de forma mais séria. Após frear, ele deslizou pela pista em Montreal e acertou lateralmente a barreira de proteção, causando bandeira vermelha na atividade.

A pausa foi benéfica para alguns pilotos, já que a pista melhorou de condições durante a interrupção do treino, e permitiu nova chance de buscar voltas rápidas. Um dos beneficiados foi Adrian Sutil, que nos segundos finais se colocou entre os dez primeiros colocados e avançou ao Q3.