Esportes

Vasco vence no Pernambuco e impõe sexta derrota seguida ao Náutico

A péssima fase do Náutico no Campeonato Brasileiro continuou na noite desta quinta-feira. Em confronto válido pela 18ª rodada da competição nacional, o Vasco foi até a Arena Pernambuco e bateu os donos da casa por 3 a 0. A vitória vascaína afastou o clube carioca das últimas posições e ainda impôs o sexto revés consecutivo para os pernambucanos no torneio – perdeu todos os jogos desde a 14ª rodada, além do jogo adiado contra o São Paulo, na última terça.

Cada vez mais na lanterna do Brasileiro, o Náutico continua com apenas oito pontos em 18 jogos na competição nacional. Já o Vasco sobe a 23 pontos, em 10º lugar, e se afasta da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o clube pernambucano visita o Corinthians, no domingo, às 16h (de Brasília), enquanto a equipe cruz-maltina recebe o embalado Atlético-PR no mesmo dia, mas mais tarde, às 18h30.

Assim como na última terça-feira, quando jogou bem contra o São Paulo, o Náutico começou melhor diante do Vasco e teve boas chances no início do primeiro tempo. Aos 18min, Oliveira acertou o travessão vascaíno após cruzamento de Derley. O clube alvirrubro continuou melhor e desperdiçou chance em bobeada de Fágner aos 27min. O Vasco melhorou no fim e chegou a dominar o adversário, mas nenhuma das duas equipes mexeu no placar antes do intervalo.

A volta para a etapa final foi semelhante ao fim da primeira, com o time alvinegro no ataque. O clube carioca teve chance no primeiro minuto, mas inaugurou o marcador aos 2min, com Willie, que recebeu lançamento e tocou por cima na saída do goleiro Gideão. O Náutico sentiu o gol e tomou o segundo pouco depois, aos 6min. Willie cruzou rasteiro e Marlone se adiantou à zaga para ir às redes.

Desesperado, o Náutico foi todo ao ataque após ficar dois gol atrás no placar. Contudo, o desespero afetava a calma dos jogadores e a equipe pernambucana se mostrava desorganizada. Mesmo com a tentativa de sair para o jogo, quem ainda teve as chances mais perigosas até o fim do confronto foi o próprio Vasco. Sem se encontrar em campo, o Náutico ainda sofreu mais um gol de Marlone no fim e teve que aceitar outra derrota no torneio nacional.