Geral

Centro de Hemodiálise deve começar a funcionar em 90 dias em Sorriso

Apenas uma empresa participou da licitação que tem como objeto a concessão do Centro de Hemodiálise. Por meio do processo, realizado hoje, as as empresas interessadas em explorar a operacionalização e o gerenciamento de serviços de Terapia Renal Substitutiva (TRS) pelos próximos 20 anos deveriam fazer o maior lance ou oferta para utilizar a estrutura física erguida pela prefeitura para abrigar a unidade.

A única participante apresentou o lance de R$ 19,5 mil mensais, acima, portanto, do lance mínimo de R$ 19 mil proposto no edital. O procurador-jurídico do Município, Eslen Parron Mendes, lembra que já está previsto no mesmo documento o prazo de até 90 dias para que a empresa disponibilize todos os equipamentos, materiais e pessoal necessário ao funcionamento do Centro de Hemodiálise.

O secretário-adjunto de Saúde e Saneamento (Semsas), Silvio Stolfo, que acompanhou todo o processo, destaca a importância do passo dado hoje. “Ofertar a terapia renal substitutiva em Sorriso certamente trará um ganho imenso na qualidade de vida de todos os pacientes que precisam deste recurso, evitando assim deslocamentos a outras cidades para o tratamento, além é, claro, de reforçar Sorriso também como polo de saúde para toda a região”.

Para o secretário de Administração, Estevam Calvo, a licitação de hoje é mais uma importante etapa de todo o trabalho que vem sendo desenvolvido por equipes de vários setores do Executivo Municipal. “Desde a elaboração do projeto, o cuidado para que o prédio fosse 100% adequado e preparado para a disponibilização deste serviço, a fiscalização da obra, reparos que se fizeram necessários na etapa de finalização, a preparação da documentação para a licitação, enfim, todo um conjunto de ações, elaboradas, conduzidas e colocadas em prática por vários servidores, de diversas pastas com o foco, lá na frente, de garantir o acesso à hemodiálise mais perto de casa para nossos munícipes”.

O prefeito Ari Lafin igualmente celebrou o processo. “Estamos muito satisfeitos pelo fato desta empresa ter participado do certame, e esperamos poder, em maio, disponibilizar este presente à nossa população no aniversário de 38 anos de Sorriso”, comentou o gestor, lembrando que este é um serviço de alta complexidade, e, portanto, não seria de direta responsabilidade do município.

Redação Só Notícias (foto: assessoria)